Other Languages

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Liga Europa. Hapoel Beer-Sheva também deixa Southampton pelo caminho

Grupo K - 6ª jornada

Southampton 1 Hapoel Beer Sheva 1

Golos: Van Dijk - Buzaglo

Os israelitas conseguiram o apuramento para a próxima fase da competição com um empate em Inglaterra perante o Southampton.

A equipa de Miguel Vítor concluiu da melhor forma uma participação brilhante com vitórias sobre Inter de Milão e os ingleses da Premier League. Os dois clubes mais fortes ficam pelo caminho, permitindo também o apuramento do Sparta Praga. 

A cereja no topo do bolo era a qualificação, mas a vitória evitada aos 91 minutos por Van Dijk assentava que nem uma luva.

Liga Europa. Derrota pesada e eliminação na prova obriga José Peseiro a fazer reflexões

Grupo H - 6ª jornada

Sp.Braga 2 Shakhtar Donetsk 4

Golos: Stoiljkovic, Vukcevi - Kryvstvov 2, Taison 2

Uma derrota pesada, mas justa tendo em conta a diferença de valores, sobretudo por causa da falta de agressividade defensiva dos guerreiros que não souberam parar as várias tentativas de ataque dos ucranianos. O segundo golo é um exemplo de como Pedro Tiba não está talhado para o onze. 

Os bracarenses começaram melhor, criando duas oportunidades pelos avançados, só que uma desconcentração num canto e um ataque ucraniano que não foi parado em tempo devido deram vantagem à formação de Paulo Fonseca. O 1-2 por Stoiljkovic aos 43 ainda deu esperança. O problema é que o Shakhtar tem outros argumentos como se viu na fase de grupos onde venceu todos os jogos, sempre com margem folgada. 

Os golos sucessivos criaram um sentimento de revolta nos adeptos que esperavam mais ambição por parte da equipa, mesmo com 0-0 em Konya que daria o apuramento aos portugueses. O desagrado foi maior após o golo de Koulibaly aos 94 minutos na Turquia que deu a qualificação ao Gent em detrimento dos guerreiros. 

A vitória sobre os ucranianos era impossível, sendo que, fazer uma boa exibição no plano defensivo seria fundamental para travar os artistas brasileiros lançados por Paulo Fonseca. O apuramento ainda chegou a ser possível, mas os empates contra o Gent em casa e na Turquia frente ao Konyaspor deixaram José Peseiro obrigado a apostar tudo no último jogo. Sabendo que Paulo Fonseca venceu os três últimos jogos, o actual técnico bracarense deveria ter feito as contas de outra maneira.

16 grandes equipas vão disputar o mata-mata da competição


As 16 equipas que se apuraram para a próxima fase já estão encontradas, estando previsto uma grande segunda fase porque todos os grandes clubes continuam em prova, mas também devido ao emparelhamentos possíveis. Na primeira fase, houve formações que ficaram no segundo lugar, podendo disputar desafios com rivais do mesmo nível. Senão vejamos.

O Real Madrid, Bayern Munique, Manchester City e PSG ficaram na segunda posição em cada grupo, tendo possibilidade de defrontar Barcelona, Atlético Madrid, Juventus e Arsenal logo nos oitavos, salvo os condicionantes que são normais nesta fase. As equipas portuguesas apuradas evitam Real Madrid, Manchester City, PSG, podendo também jogar contra Leicester, Nápoles, Mónaco ou Borussia Dortmund, além das quatro formações indicadas. 

Nos oitavos estão apenas equipas dos primeiros seis países do ranking, sendo que, a Itália conta só com duas formações. O mesmo acontecendo com Portugal e França. Neste aspecto, Espanha conseguiu apurar todas as equipas que entraram na fase de grupos. Os três clubes habituais têm a companhia do Sevilha. 

O sorteio realiza-se na próxima segunda-feira

STATS

Na última jornada marcaram-se 46 golos com destaque para mais goleadas, nomeadamente a vitória do FC Porto sobre o campeão inglês e mais um número gordo do Barcelona que marcou 20 golos na fase de grupos. O Dinamo Kiev também surpreendeu na despedida ao vencer o Besiktas por seis golos. O resultado ajudou o Benfica a continuar na prova. 

O melhor marcador da competição continua a ser Leonel Messi com 10 golos, tendo feito metade dos golos da equipa em seis jogos. Cavani e Lewandowski são os mais directos perseguidores com 6 e 5 golos, mantendo possibilidade de perseguir o craque argentino do Barcelona. Os jogadores do clube catalão dominam as estatísticas da eficácia, já que, Neymar também é o rei das assistências com alguma vantagem sobre Dembélé, Cristiano Ronaldo e o benfiquista Salvio. O duelo Messi-Ronaldo já se faz sentir no capítulo dos remates. O argentino lidera a lista dos remates à baliza e o português domina nos tiros que não se enquadram na baliza. 

Os dois jogadores que cometeram mais faltas durante a competição terminaram empatados. Franco Vazquez e Alexsandr Gatskan fizeram 19, mas apenas o jogador do Sevilha vai continuar a ter oportunidade de ser um problema para os adversários na hora de atacar. O benfiquista Fejsa termina na quarta posição com 17 faltas, sendo que, não jogou a primeira jornada. Durante seis jogos não houve qualquer jogador que tenha visto mais de um cartão encarnado, embora Aboubakar e Marco Verratti acumulassem quatro cartões amarelos. 

Melhores da Jornada

Melhor Equipa
FC Porto
Os dragões fizeram o melhor jogo da temporada, incluindo também os desafios das competições internas. As poupanças de Claudio Ranieri não tiram brilho à goleada do FC Porto. O pendor ofensivo composto por André Silva, Diogo Jota, Jesús Corona e Yacine Brahimi funcionou na perfeição. Os jovens jogadores prometem irreverência na próxima fase, faltando apenas consistência defensiva. 

Melhor Jogo
Lyon -Sevilha
O nulo engana os amantes do futebol. O desafio era decisivo para as duas equipas, apesar do empate servir aos espanhóis. As oportunidades nas duas balizas foram bastantes, sendo que, houve três bolas nos ferros, uma para o Sevilha e duas favoráveis aos franceses. A bem do futebol os dois conjuntos continuam nas provas europeias. 

Melhor jogador
Harry Kane 
O jogador do Tottenham foi considerado o melhor jogador da jornada pela forma como o golo que marcou frente ao CSKA Moscovo teve influência na manutenção dos Spurs nas provas europeias. O avançado manteve a boa forma demonstrada na última jornada da Premier League. 

Sinais

+ Goleada do Dynamo Kiev ao Besiktas 

+ Três golos de Arda Turan ao Borussia Monchengladbach

+ Rostov conseguiu apurar-se para a Liga Europa

+ Primeira vitória do Légia Varsóvia após 21 anos deu apuramento para os oitavos-de-final da Liga Europa

+ Empate do Ludogorets em Paris permite continuar nas provas europeias

+ Crescimento do FC Copenhaga recompensada com presença na Liga Europa

Excelente jogo do FC Porto frente ao Leicester

- PSV e Sporting ficam pelo caminho na Europa do futebol

- Mau jogo entre Benfica e Nápoles, embora com apuramento das duas equipas

- Club Brugge não alcançou qualquer vitória em seis jogos

- Dinamo Zagreb não conquistou vitórias nem sequer marcou golos em seis partidas

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Champions League. Bayer oferece um presente aos adeptos

Grupo E - 6ª jornada

Bayer Leverkusen 3 Mónaco 0

Golos: Yurchenko, Julian Brandt, De Sanctis a.g

Um jogo sem grande história porque as duas equipas já estavam qualificadas, sendo que, o Mónaco terminava sempre em primeiro lugar. 

O resultado espelha a vontade do Bayer Leverkusen acabar a fase de grupos com uma vitória perante os adeptos. No outro lado, Leonardo Jardim dava oportunidade a jogadores menos utilizados. 

Os alemães conseguiram dar a volta num apuramento que esteve complicado. 

Man of the Match: Julian Brandt

Champions League. Dinamo Zagreb sem golos marcados na fase de grupos

Grupo H - 6ª jornada

Juventus 2 Dinamo Zagreb 0

Golos: Gonzalo Higuain, Rugani

A Juventus não poderia ter qualquer dificuldade perante o campeão da Croácia. O Dinamo Zagreb cometeu a proeza de ser a única equipa que não marcou golos nos seis jogos da fase de grupos, embora esteja ao lado do Club Brugge como as formações sem pontos conquistados.

A vitória do campeão italiano só começou a ser construída aos 52 minutos por Higuain, com Rugani a fechar o resultado 20 minutos depois.

Man of the Match: Gonzalo Higuain

Champions League. Dinamarqueses podem ser uma boa surpresa na Liga Europa

Grupo G - 6ª jornada

Club Brugge 0 FC Copenhaga 2

Golos: Mechele, Martin Jorgensen

Os dinamarqueses cumpriram a tarefa de vencer na Bélgica, mas vão jogar na Liga Europa porque os dragões bateram o Leicester. Apesar de tudo, fica uma nota positiva para o campeão da Dinamarca que esteve perto de conseguir um feito histórico, mas se continuarem neste caminho irão chegar aos oitavos-de-final porque o domínio no plano interno garante presenças consecutivas na competição. 

No plano inverso esteve o campeão da Bélgica. O Club Brugge não conquistou qualquer ponto, tendo marcado poucos golos. A formação de Preud´Homme é um reflexo da crise do futebol no país.

Man of the Match: Martin Jorgensen

Champions League. Quem quer jogar contra os merengues?

Grupo F - 6ª jornada

Real Madrid 2 Borussia Dortmund 2

Golos: Karim Benzema 2 - Aubameyang, Marco Reus

O golo de Marco Reus aos 88 minutos poderá ter mudado o destino da competição porque relegou os merengues para a segunda posição, estando à mercê das equipas que venceram os grupos na primeira fase. Isto é, os oitavos-de-final podem ditar confrontos entre os principais candidatos à vitória. O Real podem apanhar a Juventus, Nápoles ou Arsenal em Fevereiro.

Os merengues pensaram nos prós e contras de ficarem em segundo e preferiram jogar para o primeiro lugar. O francês Benzema deu um grande passo para a concretização do objectivo com os golos aos 28 e 53 minutos, mas o Dortmund ainda teve pernas para obter o mesmo resultado da primeira volta, possibilitando a conquista do primeiro lugar.

O feito dos alemães que contaram mais uma vez com a sagacidade de Pierre-Emerick Aubameyang, é relevante porque vai permitir às outras equipas acreditar que é possível derrotar o campeão europeu. 

A fase de grupos mostrou que o Real Madrid não está ao melhor nível, apesar da liderança no campeonato, mas nos jogos a doer tudo será diferente.

Man of the Match: Karim Benzema