6ª jornada



O Benfica recuperou dois dos três pontos perdidos na jornada anterior para os rivais directos. O FC Porto empatou no terreno do penúltimo classificado e o Sporting desperdiçou dois pontos no Bessa. Tanto num caso como no outro os líderes não estiveram em grande plano, talvez com o pensamento na semana europeia. 

A exibição dos encarnados voltou a ser de gala, graças a mais uma tarde memorável de Gaitán, Jonas e do jovem Gonçalo Guedes. 

O campeonato ganha mais competitividade devido às presenças do Sp.Braga, Estoril e Rio Ave no topo. Os bracarenses venceram o o derby do Minho no Afonso Henriques, enquanto canarinhos e vila condenses confirmam o crescimento que têm tido nos últimos três anos. Os dois clubes passam a fazer parte dos "históricos". No plano positivo o Arouca regista o 7º lugar e mostrando um excelente futebol. Destaque para as subidas na classificação de Marítimo e Boavista. 

A Académica continua a fazer o mesmo percurso do Gil Vicente na temporada passada. Em seis jogos não venceu e só marcou um golo. Por seu lado, o União da Madeira e o Tondela começam a cair nos lugares que lhes estavam destinados. 

Por fim, uma nota para o V.Setúbal que não vence há alguns jogos. Nos últimos dois só conquistou dois pontos. Um mau início para Quim Machado.

Positivo
Vitória do Sp.Braga em Guimarães, Estoril e Rio Ave retomam luta pela Europa, primeiro golo de Gonçalo Guedes com a camisola do Benfica, golaço de Hugo Basto frente ao Belenenses

Negativo
V.Setúbal, Belenenses e Vit.Guimarães correm o risco de lutar pela manutenção, pouca atitude de dragões e leões, violência após o jogo entre os rivais do Minho, Académica continua sem vencer

Melhor goleador: Jonas com 7 golos

Nomeados MVP: Jesus Corona (FC Porto), Jonas (Benfica), Mika (Boavista), Marega (Marítimo), Suk (V.Setúbal), Hugo Basto (Arouca), Léo Bonatini (Estoril), Rafa (Sp.Braga), Bressan (Rio Ave)

Comentários

Mensagens populares