Onze para o clássico

A próxima jornada tem como prato principal o clássico entre FC Porto e Benfica. O jogo realiza-se no Dragão, sendo que afigura-se importante devido ao actual momento de forma das duas formações. Os dois clubes estão a jogar bem e o resultado terá consequências para as próximas rondas. Os encarnados têm de ter mais cuidado porque jogam contra o Sporting daqui a três semanas. 
Os dragões e águias jogaram a meio da semana para a Champions League. O técnico benfiquista manteve a aposta na equipa que venceu o Belenenses. Por seu lado, Lopetegui mudou o figurino táctico ao apresentar-se em Kiev com um meio-campo sem extremos e Brahimi no apoio a Aboubakar. O FC Porto acabou por perder dois pontos nos últimos minutos. 

No Estádio do Dragão a situação não se vai manter. O FC Porto deve apostar numa equipa mais ousada e Rui Vitória optará por fazer recuar a equipa, à semelhança do que aconteceu com o Sporting. Nos azuis e brancos, Corona deverá substituir Rúben Neves, sendo Danilo e Imbula os médios mais fixos, enquanto que André André estará no apoio ao camaronês e aos extremos. Brahimi ou Tello jogam a titulares. Os adeptos não perdoarão ao técnico espanhol se estiver receoso contra o rival. No entanto, Lopetegui nunca facilita quando joga em casa. O problema têm sido os jogos fora. 

O treinador benfiquista não joga com Gonçalo Guedes e Gaitán. O jovem deve dar lugar a Fejsa que fará dupla com Samaris. No meio-campo estará Gaitán, Talisca e os dois médios mais recuados. A única dúvida tem a ver com a utilização de dois avançados. Jogar com Jonas e Mitroglou pode ser um risco que Rui Vitória não quer correr no início. A opção passa por substituir um deles por Pizzi e adiantar Talisca para jogar perto do ponta-de-lança. O português também pode fazer esse papel, mas tem mais utilidade do que o brasileiro naquele lugar porque defende melhor. 

Os sectores que não sofrem alterações nas duas equipas é o defensivo. Ou seja, o guarda-redes e os quatro defesas vão ser os do costume. No FC Porto, Iker Casillas, Layun, Martins Indi, Maicon, Maxi Pereira. Nas águias jogam Júlio César, Nelson Semedo, Jardel, Luisão, Eliseu. 

Comentários