7ª jornada



A análise à 7ª jornada só é feita agora porque estivemos à espera da decisão sobre a data do jogo entre União da Madeira e Benfica, que foi adiado para 23 de Dezembro por causa do nevoeiro. 

A eleição para melhor jogador da jornada não vai incluir nenhum dos participantes desse desafio. Não podemos esperar até Dezembro. 

A única surpresa da jornada 7 foi o despedimento de Vítor Paneira do Tondela. Rui Bento é o novo timoneiro do clube que se aproxima perigosamente da zona de descida. Destaque também para a primeira vitória da briosa no campeonato. A chicotada parece ter resultado em Coimbra. Veremos se as boas exibições têm continuidade. 

O empate do Arouca em Braga também surpreendeu. Os guerreiros perderam dois pontos na luta pelo quarto lugar ocupado pelo Rio Ave. A equipa de Lito Vidigal mostra que tem capacidade para ficar na primeira metade da classificação. Em relação aos vila condenses, Bressan garantiu, pela segunda vez consecutiva, três pontos. Nota para a primeira vitória do V.Setúbal no Estádio do Bonfim. 

A próxima jornada promete ser entusiasta. O FC Porto recebe o Sp.Braga e Jorge Jesus regressa à Luz como técnico do leonino.

Positivo
Primeira vitória da Académica, Bressan oferece mais três pontos ao Rio Ave, Hat-trick de Slimani, regresso de Bruno Moreira aos golos no Paços de Ferreira, primeira vitória dos sadinos no seu reduto

Negativo
Nevoeiro no União da Madeira-Benfica, despedimento de Vítor Paneira, pouca agressividade do Belenenses e Vit.Guimarães no Dragão e em Alvalade

MVP da jornada: André Claro (V.Setúbal), Bruno Moreira (Paços de Ferreira), Romário Baldé (Tondela), Rui Pedro (Académica), Bressan (Rio Ave), Rafa Silva (Sp.Braga), Slimani (Sporting), Brahimi (FC Porto)

Nota: o MVP do União Madeira - Benfica não será contabilizado porque o desafio só será disputado no dia 23 de Dezembro

Comentários

Mensagens populares