Champions League. Pouco Benfica na Turquia

Grupo C - 3ª jornada
Galatasaray 2 Benfica 1
Golos: Selçuk Inan, Podolski - Nico Gaitán


O Galatasaray conquistou a primeira vitória da Champions League depois de ter vencido o Benfica por 2-1. Os encarnados começaram a ganhar devido a um golo do argentino Gaitán. A partir daí começou a pensar-se numa vitória tranquila, à semelhança do que aconteceu em Madrid. No entanto, não foi isso que aconteceu. Após o golo, os turcos tomaram conta do jogo. 

A avalanche ofensiva que se verificou revelou as debilidades defensivas do Benfica, que jogou com Sílvio e André Almeida. O médio português fez a grande penalidade que permitiu o empate do Galatasaray. 

O 1-1 galvanizou os visitados que carregaram sobre o lado esquerdo encarnado. Nota para uma exibição desastrosa dos laterais benfiquistas. Lukas Podolski fez o 2-1 num ataque fácil. 

O técnico benfiquista não reagiu ao intervalo, mantendo Eliseu e Sílvio no onze, além de Raúl Jiménez que esteve aquém das expectativas. O mexicano ainda só marcou um golo com a camisola do Benfica. Os poucos lances que os encarnados tiveram no segundo tempo não justificaram a conquista dos três pontos, nem sequer do empate. Rui Vitória devia ter sido mais ousado no início da etapa complementar porque o Galatasaray tem boas individualidades, mas não funciona como colectivo. 

Os encarnados continuam em primeiro lugar, embora com a companhia do Atlético. No jogo disputado dentro de duas semanas na Luz, o treinador encarnado tem de ter outra abordagem. 



Comentários

Mensagens populares