13ª jornada


A jornada ficou marcada pelos muitos golos, em particular na visita do Marítimo ao Estádio Afonso Henriques e na recepção dos estudantes ao Belenenses. Nos dois jogos foram marcados 14 golos e também podemos realçar os 6 que se marcaram no Bonfim entre Vitória e o Benfica. Os sadinos perderam pela primeira vez em casa. Na Mata Real o Paços de Ferreira também venceu o União por meia-dúzia de golos. Nestes quatro desafios houve 26 tentos. 

O Sporting também voltou às vitórias folgadas depois de muitos jogos em que os três pontos foram conquistados pela margem mínima. A visita do FC Porto ao Nacional era perigosa para Lopetegui depois da eliminação na Champions. O jogo foi fácil para os dragões que acabaram por ser beneficiados pelas paragens causadas pelo nevoeiros e por erros de arbitragem. O técnico espanhol bem pode agradecer aos deuses.

A próxima jornada é a última de 2015. Não deverá haver novidades nos quatro primeiros, mas a primeira ronda de 2015 vai ser decisiva para definir os candidatos ao título.

Positivo
7 golos marcados no Vit.Guimarães-Marítimo e no Académica - Belenenses, além de seis golos no V.Setúbal-Benfica e Paços de Ferreira-União Madeira.  Sporting mostrou raça na recepção ao Moreirense, Sp.Braga consolida quarto lugar, Rio Ave volta à boa forma

Negativo
Adiamento do Nacional - FC Porto por várias vezes devido ao nevoeiro, localização do estádio da Choupana, erros de arbitragem que beneficiaram os dragões na Madeira, Luís Norton de Matos em risco de ser despedido, Tondela não vence nem convence

MVP da Jornada: Léo Bonatini(Estoril), João Novais(Rio Ave), Bruno Moreira(Paços de Ferreira), Fransérgio(Marítimo), Pizzi(Benfica), Gelson Martins(Sporting), Stoijilkovic(Sp.Braga), Yacine Brahimi(FC Porto), Fernando Alexandre(Académica)

Melhor jogador da 12ª jornada: Suk (V.Setúbal)

Comentários

Mensagens populares