23ª jornada



A normalidade voltou ao campeonato com as vitórias dos três grandes. No entanto, os dragões tiveram bastante dificuldade em ultrapassar o Moreirense no Dragão. O desaire contra o Arouca esteve perto de ser repetido, mas uma segunda parte fantástica descansou os adeptos que estavam contentes após a vitória na Luz.

O acontecimento mais importante da jornada diz respeito ao quinto lugar do Arouca. O técnico Lito Vidigal vingou-se do despedimento na temporada passada do Belenenses e acabou com o sonho dos azuis em chegar às competições europeias. Em termos matemáticos é possível, mas os dois lugares em aberto, devem ser ocupados por Arouca, Rio Ave, Vit.Guimarães ou Paços de Ferreira. Todos estão na casa dos 30 pontos. 

O Marítimo ganhou novo fôlego na luta pela manutenção, saindo da zona complicada, onde continuam Moreirense, Nacional, União da Madeira, Boavista, Académica e Tondela

Positivo
Quinto lugar alcançado pelo Arouca, exibição de Layun na reviravolta dos dragões, golo de Lindelof, Rio Ave com ambição europeia, qualidade no derby minhoto

Negativo
Decisões erradas na marcação das grandes penalidades a Maxi Pereira e a Jonas, primeira parte dos dragões contra o Moreirense, erro infantil que dá origem ao penalty do Vit.Guimarães em Braga

MVP´S da jornada: Mendy, Lindelof, Yazalde, Lucas Lima, Dirceu, Tiquinho Soares, Layun, Octávio, Bryan Ruiz

Melhor jogador da 22ª jornada: Islam Slimani

Comentários

Mensagens populares