Liga NOS. Jardel cabeceou para o tri campeonato

32ª jornada
Benfica 1 Vit.Guimarães 0
Golo: Jardel


O tricampeonato começa a ser uma realidade bem presente na família benfiquista. A duas jornadas do final, os encarnados aumentaram a vantagem para cinco pontos sobre o Sporting. Os leões jogam amanhã no Estádio do Dragão a manutenção na corrida. Um desaire ou empate permite ao Benfica resolver a questão do título apenas na última jornada contra o Nacional na Luz, podendo gerir o desafio na Madeira contra o Marítimo. 

O campeão nacional não fez uma boa primeira parte, ao contrário do que tem sido habitual. Desta vez, o adversário não marcou nenhum golo que obrigasse os jogadores a correr atrás do resultado. A lentidão e previsibilidade do jogo benfiquista fez com que os vimaranenses não se aventurassem no ataque, o que aconteceu apenas no segundo tempo depois do golo de Jardel. 

A atitude do Benfica mudou no início da segunda parte. Um livre de Gaitán para a cabeça de Jardel explodiu o Estádio da Luz. O mais difícil estava feito, mas aumentou a expectativa sobre a forma como iria gerir o resto do tempo. O técnico benfiquista optou por controlar a bola (e bem), só atacando pela certa. Nesse período o Vitória teve boas ocasiões para empatar. André Almeida, Jardel e Ederson cumpriram exemplarmente as missões defensivas. 

A única oportunidade do Benfica após o tento coube a Raúl Jimenéz num remate que terminou na barra de Miguel Silva. 

A vitória não merece discussão, embora a estratégia do técnico benfiquista em controlar a partida após a obtenção do golo seja arriscada. Nos últimos jogos, a qualidade defensiva do Benfica tem sido posto à prova. V.Setúbal, Rio Ave e V.Guimarães tentaram surpreender, mas não conseguiram.

Melhor em campo: Jardel

Comentários

Mensagens populares