As selecções da Copa: Brasil



O mundo tenta mas apenas o Brasil é penta. A frase diz respeito aos títulos mundiais conquistados, mas também na competição sul-americano os canarinhos chegaram a dominar, mas o sucesso faz parte da história. O Brasil continua a ser temido devido à camisola que enverga do que a qualidade futebolística. A era de Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho e outros já terminou por culpa do futebol interno. 

Neste momento, ninguém sabe quanto vale a seleçcão, apesar dos jogadores jogarem nos maiores clubes europeus. O problema é que a junção de todos não chega para assustar as equipas adversárias. Talvez Oscar, Willian, Lucas e o benfiquista Jonas façam qualquer coisa. A defesa acaba por ser o sector mais forte com Filipe Luís, Alex Sandro, Danilo e Daniel Alves. No entanto, só se ganham jogos fazendo golos e a canarinho nunca teve no ADN jogar em contra-ataque. 

Na primeira fase não terá dificuldades para vencer Haiti, Peru e Equador, mas se apanhar a Colômbia ou o Paraguai nos quartos a tarefa não é fácil. Pelo menos haverá sempre equilíbrio e jamais será o show de bola que os brasileiros estavam habituados. 

Comentários

Mensagens populares