Notas da Semana

Homem do Jogo

Rui Vitória - Os encarnados venceram o tricampeonato. É óbvio que todos são importantes, mas se Bruno de Carvalho foi o grande derrotado no Sporting, Vitória é a grande figura do Benfica porque conseguiu provar que tem unhas para tocar a guitarra, ou contrariando Jorge Jesus, tem mãos para conduzir o Ferrari, sendo que, ultrapassou os recordes do actual técnico leonino ao serviço do Benfica. Não há números melhores para a temporada de estreia em que potenciou jovens jogadores portugueses que vão dar títulos e dinheiro ao Benfica. No final também mostrou grandeza na guerra das palavras com Jesus.

Nota Intermédia

Pedro Martins e Petit - Os dois treinadores conquistaram os objectivos definidos pelas formações. O Rio Ave vai lutar por novo acesso à fase de grupos da Liga Europa e o Tondela fica mais um ano na primeira divisão. O excelente trabalho de dois técnicos que sobem a pulso. Por exemplo, Pedro Martins pode vir a treinar um dos clubes minhotos ou iniciar uma aventura no estrangeiro. 

Fora-de-Jogo

Bruno de Carvalho - O presidente do Sporting foi o grande derrotado porque colocou todas as fichas na conquista do campeonato. O primeiro do líder leonino foi fragilizar o rival ao ir buscar Jorge Jesus e depois esteve a época inteira a condicionar as arbitragens. O tiro saiu pela culatra porque apenas venceu a Supertaça onde na próxima temporada não vai estar. A um ano de eleições, Bruno de Carvalho tem o teste decisivo no início da próxima época. A prioridade é o campeonato, mas se o treinador não quiser lutar pelas outras competições, é provável que comece a surgir agitação antes das eleições. Um duro teste que o presidente pode voltar a perder.

Comentários

Mensagens populares