2ª jornada



A segunda jornada da prova confirmou o favoritismo da Colômbia, México e Argentina. As três selecções asseguraram o apuramento para os quartos-de-final conquistando duas vitórias. Neste lote destaque para Venezuela que também vai jogar a próxima fase, depois de ter ganho ao Uruguai por 1-0. A celeste fica pelo caminho sem ter utilizado Luís Suárez. O goleador estava guardado para os jogos a eliminar, mas as contas saíram furadas ao antigo campeão.

Os Estados Unidos venceram a partida contra a Costa Rica e discutem com o Paraguai o segundo lugar no Grupo A. 

Uma nota pra duas goleadas impostas por dois favoritos. O Brasil venceu o Haiti por 7-1, tendo voltado a produzir bom futebol. No entanto, o Brasil tem de ganhar ao Peru ou se não o fizer, esperar que o Equador não vença o Haiti. A Argentina também goleou o Panamá por 5-0 no regresso de Messi à competição e aos golos. 

O campeão em título está perto do apuramento, apesar das más exibições.

As grandes individualidades têm tido um papel fundamental em cada selecção, com particular destaque para James Rodríguez, Phillipe Coutinho, Javier Hernandez, Rondon, Leonel Messi e Arturo Vidal. A segunda jornada rendeu 30 golos.

Positivo
Hat-trick de Messi e Phillippe Coutinho, James Rodríguez e Javier Hernandez são as principais figuras do torneio, vitória da Venezuela sobre o Uruguai e apuramento para os quartos-de-final, goleadas do Brasil e Argentina, primeira vitória dos Estados Unidos na prova

Negativo
Derrota do Uruguai e afastamento da fase a eliminar, muitas faltas durante os jogos, pobres réplicas do Haiti e Panamá, Chile continua sem convencer, número de expulsões no torneio

MVPs: Leonel Messi (Argentina), Arturo Vidal (Chile), Javier Hernandez (México), Salomon Rondon (Venezuela), Enner Valencia (Equador), Phillipe Coutinho (Brasil), James Rodríguez (Colômbia), Clint Dempsey (Estados Unidos)

Melhor jogador da 1ª jornada: Angel Di Maria (Argentina)

Comentários

Mensagens populares