2ª jornada




A segunda jornada da competição trouxe o apuramento da França, Espanha e Itália para os oitavos-de-final, bem como o regresso da Inglaterra e Bélgica ao clube dos favoritos. No sentido contrário, Alemanha e Portugal mostraram pouco futebol para quem pretende conquistar o troféu. 

Nesta ronda também se verificaram os primeiros 0-0, no Alemanha-Polónia e no Portugal-Áustria. O resultado no primeiro jogo teve como consequência a eliminação da Ucrânia. Os ucranianos são a única formação que não têm hipótese de chegar aos oitavos. As restantes 20 entram para a última jornada com possibilidade de alcançar a próxima fase, o que vai permitir emoção em quase todos os jogos.

Nesta ronda também tivemos as estreias da Eslováquia e Irlanda do Norte a vencerem em europeus, além do primeiro ponto conquistado pela Albânia.  

A qualidade subiu, apesar dos dois jogos a zero, mas nesta jornada marcaram-se 25 golos. 

A melhor selecção
A Inglaterra mostrou qualidade na segunda ronda, praticamente um futebol apoiado nos extremos, com Sterling e Kyle Walker em destaque frente ao País de Gales. A nova posição de Rooney retira domínio territorial aos ingleses, mas garante que a bola chega em condições ao homens da frente. O jogador do Manchester United poderá ser fundamental nos jogos a eliminar.

Melhor jogador:
Perisic - O jogador croata fez dois bons jogos, mas contra a República Checa foi fundamental. A forma como constrói as jogadas com velocidade tem sido importante para o domínio dos croatas neste campeonato da Europa. 

Melhor jogador da 1ª jornada: Nani  (Portugal)
MVP da 2ª jornada: Anthoine Griezmann (França), Mehmedi (Suiça), Daniel Sturridge (Inglaterra), Glushakov (Rússia), Nial McGinn (Irlanda do Norte), Mesut Ozil (Alemanha), Álvaro Morata (Espanha), Perisic (Croácia), Eder (Itália), Lukaku (Bélgica), Kleinheisler (Áustria), Nani (Portugal)

Comentários

Mensagens populares