3ª jornada


A terceira jornada da competição revelou algumas surpresas como a eliminação do Brasil, apesar do golo peruano ter sido ilegal por mão de Raúl Ruidiaz. No entanto, a equipa de Dunga deveria ter feito mais. A prova é que o técnico foi despedido depois da competição.

A Argentina foi a equipa que fez mais pontos e golos, reforçando a candidatura ao título, mas convém contar com Chile que tem vindo a subir de forma. No último jogo, os vencedores da última edição mostraram que podem contar com eles. O próximo jogo contra o México vai ser uma final entre duas das melhores selecções do torneio, embora com mais regularidade por parte dos mexicanos. 

As grandes surpresas foram o Peru e o Equador que se apuraram no grupo do Brasil, além da Venezuela Por seu lado, os anfitriões sofreram para continuarem em prova. Na terceira jornada marcaram-se 25 golos, menos cinco que na segunda ronda.

Nas partidas dos quartos-de-final temos Estados Unidos vs Equador, Colômbia vs Peru, México vs Chile e Argentina vs Venezuela. Nesta fase devem começar a aparecer as grandes estrelas da equipa, como aconteceu na primeira e segunda jornada, embora na terceira Corona, Enner Valencia e Eduardo Vargas se tenham destacado. 

Positivo
Apuramento do Equador, Argentina marca 11 golos na fase de grupos, Chile volta a subir de forma

Negativo
Golo do Peru marcado com a mão de Ruidiaz, eliminação do Brasil; Haiti e Jamaica terminam competição com zero pontos e pouco futebol

MVPs da jornada: Clint Dempsey (Estados Unidos), Marlos Moreno (Colômbia) , Enner Valencia (Equador), Alberto Rodríguez (Peru), Jesus Corona (México), Abel Hernandez (Uruguai), Eduardo Vargas (Chile), Ezequiel Lavezzi (Argentina)

Melhor jogador da 2ª jornada: James Rodríguez (Colômbia)

Comentários

Mensagens populares