3ª jornada



A terceira jornada da fase de grupos terminou com 22 golos marcados, menos que a segunda ronda. Os 16 finalistas para a fase eliminatória estão encontrados. 

Na última jornada várias equipas garantiram o apuramento e outras alcançaram posições importantes. No grupo B, o País de Gales ficou em primeiro lugar. A Irlanda do Norte conseguiu ser um dos quatro melhores terceiros classificados. No D, a Croácia atirou a Espanha para o segundo lugar e no E a República da Irlanda foi a quarta selecção britânica a garantir o apuramento. No F, a Hungria confirmou a primeira posição, enquanto Portugal esteve no segundo posto, mas o golo da Islândia aos 94 minutos contra a Áustria, atirou a selecção nacional para o terceiro lugar.

Os resultados originaram algum desequilíbrio nos oitavos-de-final porque as selecções mais fortes como a Espanha, França, Itália, Inglaterra e Alemanha não podem ir todas à final. Isto é, só uma vai conseguir chegar ao jogo decisivo se a Eslováquia, República da Irlanda ou a Islândia não surpreenderem. Nos oitavos-de-final iremos ter o desafio entre a Itália-Espanha. Na outra parte, está a equipa portuguesa mais a Bélgica e a Croácia, além da Suíça, Polónia, País de Gales, Hungria e a Irlanda do Norte. Certamente que haverão surpresas no curto caminho até à final.

A Melhor selecção:
Croácia -  Os croatas conquistaram uma vitória importante sobre a Espanha que garantiu o primeiro lugar do grupo D. A equipa croata tem duas qualidades. A primeira é a qualidade dos atacantes e a segunda o poder físico dos dois médios defensivos, em particular Luka Modric. Neste campeonato, as duas figuras têm sido Rakitic e Perisic, mas convêm não esquecer a pontaria de Mandzukic e Kalinic. Apesar das dificuldades nos dois primeiros jogos, a Croácia conseguiu encostar a Espanha, bem como explorar as fraquezas da defesa em situações de contra-ataque. 

Melhor jogador
Cristiano Ronaldo -  O craque português esteve em destaque na terceira jornada, tendo sido o melhor marcador da ronda, além de ter feito uma assistência a Nani no primeiro golo de Portugal. O avançado parece ter voltado à boa forma depois de ter sido perdulário na segunda jornada. O grande golo de calcanhar fica na história do Europeu. 

MVP´s da Jornada: Sissoko (França), Sadiku (Albânia), Clyne (Inglaterra), Aaron Ramsey (País de Gales), Mario Gomez (Alemanha), Blackszykowski (Polónia), Mario Gomez (Alemanha), Ivan Perisic (Croácia), Burak Yilmaz (Turquia), Brady (República Irlanda), Andreas Isaksson (Suécia), Cristiano Ronaldo (Portugal), Traustaton (Islândia)

Melhor jogador da 2ª jornada: Romelu Lukaku (Bélgica)





Comentários

Mensagens populares