As Selecções do Euro: Bélgica



A Bélgica é uma das selecções mais fortes do Europeu, embora não parta na linha da frente como a Alemanha e a França. No entanto, os belgas têm vindo a crescer de forma sustentada graças ao bom trabalho de Marc Wilmots. O antigo internacional construiu uma equipa com qualidade desde a baliza ao ataque.

Na baliza todos gostavam de poder escolher entre Courtois e Mignolet, sendo que, a titularidade deverá recair no jogador Chelsea. A defesa também conta com excelentes referências em particular nas alas. Alderweireld, Vertonghan e Vermaelen são sinónimo de segurança defensiva e competência a atacar. 

O meio-campo belga está ao nível das melhores equipas do mundo. Kevin De Bryune, Witsel e Eden Hazard têm lugar garantido no 11, sendo necessário motivar Ferreira-Carrasco, Dembelé, Nainggolan e Fellaini com algumas chamadas à equipa. Não há dúvida que a Bélgica pode ombrear com qualquer selecção após a fase de grupos tendo em conta os jogadores que actuam na zona nevrálgica do terreno. 

No ataque não existe nenhum super-goleador como Benzema, Cristiano Ronaldo ou Thomas Muller. Contudo, Batshuay, Benteke, Lukaku, Mertens e Origi são as referências atacantes dos clubes, pelo que, nenhuma defesa pode dormir descansada. 

A tarefa da Suécia, República da Irlanda e Itália não vai ser fácil. Será interessante acompanhar a luta entre a defesa belga e o sueco Zlatan Ibrahimovic, bem como saber como Hazard e De Bryune irão servir os avançados através da difícil defesa italiana. 

Comentários

Mensagens populares