As Selecções do Euro: França



Os franceses jogam mais um Europeu em casa, depois do França 1984. Os bleurs querem voltar à glória após a última conquista em 2000. A equipa da casa é sempre favorita, o que acontece novamente. 

Ao longo do tempo, os bleurs conseguiram renovar-se e fazer crescer novos craques, embora muito distante de Zidane.

A grande novidade na convocatória de Deschamps é a exclusão de Karim Benzema. No ataque irão estar Gignac, Griezmann, Giroud e Martial. Os quatro são goleadores nos clubes que representam, com destaque para o atleta do Atlético Madrid. 

O meio-campo apresenta bastante músculo e força através de Pogba, Kanté e Sissoko, mas também é possível aproveitar a velocidade de Cabaye e Coman. Nos oito convocados para o miolo, quatro foram campeões nacionais em clubes diferentes. 

A defesa não tem a consistência de outros tempos, embora haja qualidade. 

A selecção francesa não é a mais equilibrada do torneio, como acontece com a Alemanha e Espanha, mas tem o factor surpresa. Isto é, a coesão pode ser mais fácil do que parece à medida que o nível dos adversários aumenta. 

Comentários

Mensagens populares