Copa America 2016




A grande competição de selecções da América do Sul celebra 100 anos de existência e para festejar saiu pela primeira vez rumo ao Norte. A 100ª edição será disputada nos Estados Unidos da América num formato pouco vulgar e com participação das equipas de norte, centro e sul do continente. O esquema adoptado durante vários anos pelos europeus de quatro grupos composto por quatro equipas, passando os dois primeiros para os quartos-de-final ganhou finalmente adeptos. 

Nesta edição contamos com 6 equipas da CONCACAF e 10 da COMMEBOL. A lista de favoritos é o costume, mas há que contar com o detentor do título, os Estados Unidos e o México. As duas equipas norte-americanas apresentam argumentos para lutar contra os gigantes sul-americanos. Os Estados Unidos têm desenvolvido a liga interna e o México tem jogadores nos melhores clubes europeus. Os candidatos latinos são a Argentina, Brasil,Uruguai, Colômbia e o Chile. No entanto, argentinos e uruguaios têm mais qualidade do que os restantes, sobretudo o Brasil que não vence títulos há vários anos. A Colômbia ficou mais fraca após o Mundial 2014 e os chilenos apenas entram com o estatuto de vencedores da última edição.

Por fim, as surpresas que podem terminar com as esperanças dos mais fortes, embora nesta competição as diferenças serão notadas dentro do relvado. O Peru e a Costa Rica têm condições para surpreenderem na fase de grupos e a alegria com que a Jamaica encara as competições será fundamental na conquista dos pontos.

A competição irá ser acompanhada pelo Golo através da habitual análise dos jogos, mas também de todos os detalhes que sejam relevantes. 

Comentários

Mensagens populares