Euro 2016. Afinal o tubarão do grupo D era a Croácia


A Croácia confirmou o estatuto de selecção que iria lutar por um bom lugar no Europeu. O primeiro lugar no grupo D premeia a melhor equipa, apesar do empate contra a República Checa ter levantado dúvidas. No entanto, a vitória sobre os espanhóis foi categórica, mesmo sem Luka Modric. Na próxima fase as duas selecções irão ter adversários complicados. Os croatas jogam contra Portugal e a Espanha defronta a Itália. As outras equipas do grupo não deram luta. A República Checa ainda conseguiu empatar contra a Croácia e sonhar com o apuramento, mas a derrota frente à Turquia teve o efeito de manter os turcos com aspirações em passar se a República da Irlanda não tivesse vencido os italianos. Os jogos mostraram um grupo desequilibrado, já que, Espanha e Croácia derrotaram facilmente a Turquia, embora os checos tivessem resistido até final frente aos espanhóis e conquistado um ponto no jogo contra os croatas.

A Croácia tem jogadores de qualidade que fizeram frente ao favoritismo espanhol. O mais curioso foi o seleccionador croata ter vencido com algumas alterações no onze contra os melhores jogadores de Del Bosque. 

Os espanhóis sofreram para vencer a República Checa, mas golearam a Turquia. No jogo frente à Croácia mostraram fragilidades que dificilmente serão escondidas contra a Itália. Apesar da qualidade individual e bons movimentos colectivos, falta inteligência na hora de inventar jogadas. A presença de Iniesta não é suficiente.

A Turquia começou mal com duas derrotas e terminou a fase de grupos com uma vitória que permitiu sonhar com o apuramento até à vitória dos irlandeses sobre os italianos. No entanto, a selecção deixa uma má imagem pela falta de qualidade dos jogadores e os melhores também não se esforçaram. O episódio de Arda Turan ser assobiados pelos adeptos turcos revela que é preciso mudanças, a começar pelo treinador.

Os checos também sofrem com a qualidade da selecção, sendo que, agora vão ficar definitivamente sem Rosicky e Petr Cech. O futebol checo já não encanta como no Euro 2004.

NOTAS:
República Checa - Espanha (0-1) --> Gerard Piqué
Croácia - Turquia (1-0) --> Luka Modric
Espanha - Turquia (3-0) ---> Álvaro Morata
República Checa - Croácia (2-2) ---> Ivan Perisic
Turquia - República Checa (2-0) ----> Burak Yilmaz
Espanha - Croácia (1-2) ---> Ivan Perisic

Melhor jogador do grupo: Ivan Perisic
Melhor jogo: Espanha - Croácia

Comentários

Mensagens populares