Euro 2016. Irlanda do Norte também sabe ganhar

Grupo C - 2ª jornada

Ucrânia 0 Irlanda do Norte 2

Golos: Mcauley, Mcginn
MVP: Mcginn - Konoplyanka

Os norte-irlandeses venceram o primeiro jogo em campeonatos da Europa frente à Ucrânia, num desafio em que abandonaram a postura defensiva adoptada contra a Polónia. O técnico Michael O´Neill foi recompensado com as alterações no onze titular, embora mantivesse os cinco defesas que impediram a progressão dos extremos ucranianos. Os norte-irlandeses souberam bloquear a principal arma do adversário. No entanto, procuraram mais a baliza contrária sem deixar de apostar na bola parada. 

O primeiro golo nasceu de um livre e o segundo nos descontos. 

Os ucranianos têm sido uma autêntica decepção pela forma como não sabem atacar, sendo das poucas seleçcões que ainda não marcaram em dois jogos. A excessiva aposta em Konoplyanka e Yarmolenko para meterem bolas no ponta-de-lança não resultou perante uma equipa que defendeu com cinco torres e tinha quatro jogadores na recuperação das segundas bolas. Depois era pontapé para a frente e aproveitar a combatividade e velocidade dos homens da frente que, apesar, de não serem muitos estavam em igualdade numérica com a defensiva ucraniana que se encontrava bastante subida no terreno. 

A Ucrânia ainda pode sonhar com o apuramento se vencer a Polónia, mas a Alemanha tem de vencer os dois próximos jogos. A grande questão é saber como se vai apresentar a Irlanda do Norte se entrar em campo sabendo que precisa apenas de um ponto para ficar em segundo ou num dos melhores terceiros lugares.

Comentários

Mensagens populares