Euro 2016. Nem de penalti o suposto melhor do Mundo consegue marcar

Grupo D - 2ª jornada

Portugal 0 Áustria 0

MVP: Nani - Fuchs

A selecção portuguesa continua sem encontrar o caminho dos golos. No jogo contra a Áustria, Portugal teve oportunidades, mandou duas bolas ao poste e Cristiano Ronaldo falhou uma grande penalidade. No entanto, não se pode apontar a falta de eficácia como a causa do insucesso. 

O jogo de Portugal é confuso e dependente de Cristiano Ronaldo. O craque do Real Madrid continua a estar muito sozinho na frente, com a agravante de não lutar com os defesas contrárias, ficando à espera que lhe coloquem a bola nos pés. Neste jogo, houve espaço e tempo para cruzamentos de Quaresma e Raphael Guerreira, mas os austríacos estavam atentos, além da falta de vontade de Ronaldo.

O meio-campo também não pega no jogo como deve ser. Moutinho esforça-se mas não chega para fazer face aos médios contrários e André Gomes continua a mostrar lentidão para não dizer qualidade. Renato Sanches tem de estar no onze titular, o mesmo acontecendo com Éder porque Portugal tem de ter uma referência para aproveitar os cruzamentos. 

A Áustria praticamente não atacou e quando o fez foi bem anulada pela defesa portuguesa. O único sector que está a cumprir neste campeonato é o defensivo.

O empate ainda permite à selecção portuguesa ficar no primeiro lugar, mas o jogo com a Hungria será mais difícil que os dois primeiros, além disso, aos húngaros só basta fazer um ponto. 

Comentários

Mensagens populares