Euro 2016. País de Gales vota pela manutenção no campeonato da Europa

Grupo B - 3ª jornada

Rússia 0 País de Gales 3

Golos: Aaron Ramsey, Taylor, Gareth Bale
MVP: Smolnikov - Aaron Ramsey

A selecção galesa é a maior surpresa da primeira fase do campeonato da Europa, independentemente do que acontecer nos próximos jogos. A única equipa capaz de bater o feito dos galeses é a Irlanda do Norte. 

O País de Gales não só se apurou para os oitavos-de-final na estreia, como alcançou a primeira posição, podendo sonhar com um adversário mais fraco na próxima fase para continuar a odisseia. 

A equipa de Chris Coleman não deu hipótese à Rússia. O resultado espelha o que aconteceu no relvado, com domínio total dos galeses sobre uma selecção russa que vai ter de fazer uma renovação se quiser ter um comportamento digno no Mundial. 

Os 90 minutos foram comandados pelos galeses, que não se desfizeram dos cinco defesas. O golo de Aaron Ramsey aos 11 colocou a nu as fragilidades defensivas do adversário, mas também provocou ansiedade nas figuras públicas. O segundo golo é parecido com o primeiro, embora com intérpretes diferentes. No ataque a Rússia manteve o registo dos jogos anteriores. 

De facto, na selecção galesa só é preciso dar espaço a Ramsey e Bale para criar situações de perigo. O craque do Real Madrid voltou a marcar e torna-se no melhor marcador com três golos. 

Uma postura interessante do País de Gales que mostrou qualidade no ataque. A partir de agora não há razão para meter todos os homens atrás da linha da bola. 

Comentários

Mensagens populares