Euro 2016. vio vitum lika hvernig á ao spila fótbolta

Oitavos-de-final

Inglaterra 1 Islândia 2

Golos: Wayne Rooney - Sigthórsson, Rajnar Sigurdsson
MVP: Rooney - Sigurdsson

A Islândia conseguiu o apuramento histórico para os quartos-de-final depois de vencer a Inglaterra, num jogo frenético e bem disputado pelas duas equipas, mas os ingleses continuam sem ser práticas, apesar das figuras.

A grande penalidade convertida por Rooney no início parecia indiciar uma noite tranquila para a equipa de Roy Hogdson. No entanto, a competência nórdica foi sempre melhor do que a contínua apatia inglesa. Não é a primeira vez que se vê esta falta de ideias nos ingleses. A insistência em manter Rooney no meio-campo, onde chegou a ir buscar jogo junto dos centrais é a maior invenção do campeonato da Europa.

A reacção islandesa ao golo sofrido foi bastante importante para manter o jogo competitivo e com o passar do tempo percebia-se o rumo do desafio. O mais curioso é que a força física estava do lado islandês e não britânico como costuma acontecer. 

Após o 1-2 a Islândia controlou o jogo como quis. Impressionante a forma como Harry Kane foi engolido pelos centrais do adversário. O mesmo acontecendo com as tentativas de Sterling e Sturridge em jogar pelas faixas, mas os dois tinham sempre três jogadores em cima. 

A Inglaterra termina por baixo mais uma participação numa grande competição e a Islândia ganha o direito de tentar continuar a escrever história contra a França. 

Comentários

Mensagens populares