Europerguntas a Francisco Ferreira Gomes


Qual a melhor equipa da primeira fase do campeonato da Europa?
A Croácia. Num grupo muito complicado, e com a actual campeã europeia, os croatas mostraram-se muito organizados e solidários. A vitória diante da Espanha foi o corolário de uma excelente fase de grupos. No âmbito do pobre e conservador futebol jogado até agora no Europeu, os croatas foram quem mais deu espectáculo.
Qual a selecção que mais desiludiu?
Portugal. Salvo algumas posições específicas, Portugal chegou a este europeu com uma equipa de qualidade, com boas opções para praticamente todos os sectores. Desde há algum tempo para cá, e por motivos claros, Portugal tem-se inserido na segunda linha de candidatos a vencer o Euro. Neste âmbito é verdadeiramente vergonhoso que uma equipa como a nossa, não só fique em terceiro lugar no grupo mais acessível de sempre, como também não consiga vencer um único jogo.
Qual o jogador que esteve em destaque nesta fase? Gareth Bale. À semelhança de Cristiano Ronaldo, Bale também é o principal foco da sua selecção. Contudo, o País de Gales pareceu sempre ser uma equipa mais organizada, e que melhor soube explorar as qualidades da sua estrela. Assim, é normal que os grandes jogadores se destaquem e façam a diferença, e foi o caso de Bale. Como avalias o futebol praticado?
Baixo nível. A adopção de uma nova política de qualificação das selecções para a fase seguinte veio baixar drasticamente a qualidade dos jogos. Com quatro dos seis melhores terceiros classificados a qualificarem-se, muitas das equipas perceberam que bastavam três empates para passar. Consequência? Equipas fechadas no seu meio-campo, sem qualquer intenção de abrir o seu jogo e partir em busca do golo, já que o empate será suficiente.
A primeira fase mostra que o alargamento foi uma boa opção da UEFA?

Um desastre, muito devido ao que mencionei na pergunta anterior. Este alargamento apenas poderá beneficiar o futebol ao nível directivo. Com mais selecções no europeu, mais federações marcam presença, tendo assim acesso a todos os benefícios financeiros adjacentes. É a única explicação que encontro, já que, nem o futebol, e, consequentemente, nem os adeptos poderão beneficiar com isto. Experiência falhada e a não repetir.
Qual o momento mais marcante do europeu?
Consequência, ou não, do que mencionei anteriormente, o momento mais marcante foi, infelizmente, os vários episódios de violência em França. Com a europa preocupada com a ameaça terrorista islâmica, e com o fraco futebol praticado, a principal imagem que transpira até agora é a dos vários confrontos entre adeptos, ou com a polícia. Que as Irlandas continuem no campeonato o máximo de tempo possível; com adeptos como os seus, este euro talvez ainda possa ser considerado de positivo.



Comentários

Mensagens populares