Notas do Europeu



1- País de Gales - Os galeses conseguiram o apuramento no primeiro lugar do grupo B. Um feito notável na estreia em participações na competição graças à qualidade individual de dois jogadores. Aaron Ramsey e Gareth Bale. Os dois construíram os golos da selecção, sendo que, o jogador do Real Madrid é o melhor marcador do torneio com três golos. Os galeses ficam à espera de um dos terceiros classificados, à excepção do grupo de Portugal. Um novo motivo para seguir em frente rumo aos quartos.

2- Inglaterra - Os ingleses variam entre o 8 e 80 em termos exibicionais. No entanto, o campeonato prova que o ataque inglês continua sem qualidade e não foram os dois golos fora de horas ao País de Gales que retiram as críticas. A qualidade individual não é muito grande e a colectiva falha nos momentos decisivos.

3- Nulos - Nesta terceira fase temos assistido a dois jogos sem golos. O mito que na terceira jornada as selecções jogam mais aberto caiu. O que se viu foi a França, Suíça e a Eslováquia interessadas em segurar o nulo para conquistarem os objectivos. Iremos ter menos golos nesta jornada do que nas duas anteriores.

4- Rússia -  A selecção russa é a primeira desilusão do campeonato confirmada. Sem um ataque de qualidade e uma defesa com jogadores de 35 e 38 anos era difícil fazer face aos adversário. O anfitrião do próximo Mundial tem de fazer uma limpeza.

5- Adversários -  Aos poucos a selecção nacional conhece os possíveis adversários, sendo que, a Inglaterra volta a estar no caminho se Portugal ficar no segundo lugar. No entanto, mesmo ficando em primeiro não será fácil porque pode calhar a Bélgica. Ora, uma coisa é certa. Para chegar aos quartos a selecção precisa de jogar melhor, pelo que, convém começar já frente à Hungria. 

Comentários

Mensagens populares