Quartos-de-final


A competição já conhece os quatro semi-finalistas que vão lutar pelo título. Nos quartos-de-final as oito selecções marcaram 15 golos, sendo que, apenas no Colômbia-Peru foi necessário recorrer às grandes penalidades para encontrar o vencedor. Normalmente nesta fase os jogos são discutidos no castigo máximo.

O bom momento de Argentina e Chile não permitiu aos adversários terem hipóteses de discutir os resultados. O mais surpreendente acabou por ser a forma como o México foi goleada perante o Chile, apesar da subida de forma da Roja sul-americana. Por seu lado, a entrada de Messi no onze da Argentina aumentou a qualidade da selecção, mesmo tendo sido arrasadora na fase de grupos onde o craque do Barcelona só jogou 30 minutos. 

A final do ano passado pode ser repetida se argentinos e chilenos ultrapassarem os adversários. Os Estados Unidos serão uma selecção difícil para a Argentina vencer porque o estilo de jogo mais defensivo será um teste à criatividade dos craques sul-americanos. No outro desafio, a Colômbia tem argumentos para derrotar o Chile devido à boa forma com que se apresenta nesta competição. No entanto, os colombianos terão de tomar cautelas devido à qualidade de Alexis Sanchez e à veia goleadora de Eduardo Vargas. A ausência de Arturo Vidal será notada em campo. 

MVP´s: James Rodríguez, Clint Dempsey, Gonzalo Higuain, Eduardo Vargas
Melhor jogador da 3ª jornada: Enner Valencia

Comentários

Mensagens populares