segunda-feira, 15 de agosto de 2016

1ª jornada



O campeonato começou com tranquilidade para os principais candidato ao título. Nenhuma das equipas fracassou no primeiro jogo, embora estivessem em disputa os primeiros pontos. No entanto, como o campeonato também será uma prova em que a questão moral terá importância, todos partem em igualdade para a segunda jornada.

O Sp.Braga passou no difícil teste de Guimarães, criando expectativas para o resto da prova. A formação de José Peseiro mostrou que também sabe sofrer quando se encontra em vantagem, o que poderá ser fundamental numa eventual candidatura ao título. 

A primeira ronda mostrou debilidades em formações que acabaram a temporada passada com a corda na garganta como é o caso do Marítimo e do Belenenses. Os madeirenses mudaram de técnico, enquanto os azuis do Restelo mantiveram a aposta no contestado Júlio Velázquez. Os dois treinadores terão dificuldades em se manter no cargo durante a época.

Melhor jogo:
Rio Ave - FC Porto: 
As duas equipas mostraram vontade de ganhar, só que a maior qualidade dos dragões ditou o resultado final. Os vilacondenses querem obter uma boa classificação, embora subsistam dúvidas sobre a qualidade dos avançados. Nos dragões já se nota a mudança de mentalidade operada por Nuno Espírito Santo.

Melhor equipa
Benfica
Os encarnados confirmaram a boa exibição da Supertaça. O Tondela não tem muitos argumentos, mas Rui Vitória tem melhores jogadores do que na temporada passada. A aposta em Gonçalo Guedes e André Horta é um sinal das novas ideias do treinador. 

Sinal +

André Horta - O jogador do Benfica fez uma excelente exibição coroada com um grande golo. Horta tem mais personalidade do que Renato Sanches porque erra menos e parece que é melhor tecnicamente. 

Sinal -

Júlio Velázquez - O técnico do Belenenses não convence. As promessas de bom futebol não foram cumpridas, pelo que, ainda há tempo do clube mudar de timoneiro para não pagar mais caro. 



Sem comentários:

Enviar um comentário