Liga NOS. Gonçalo Guedes justifica opção de Rui Vitória no início da temporada

9ª jornada

Benfica 3 Paços de Ferreira 0

Golos: Gonçalo Guedes, Salvio, Pizzi
MVP: Gonçalo Guedes - Ivo Rodrigues

A recepção aos castores só se complicou no início do jogo devido à ambição de Carlos Pinto em tentar surpreender o primeiro classificado, com destaque para os remates de Ivo Rodrigues. As intenções dos visitantes não foram colocadas em prática porque os encarnados conseguiram tomar conta das operações a partir dos quinze minutos. 

A única mexida de Rui Vitória no onze aconteceu no lado esquerdo com a entrada de Eliseu. O resto continua igual, em particular a titularidade de Gonçalo Guedes, mesmo com Raúl Jimenez de novo em forma. A manutenção do jovem português no onze começa a justificar-se por causa das boas exibições. O golo marcado diante dos pacenses é o culminar da evolução naquela posição que se verifica nesta época.

O primeiro golo do Benfica tirou o peso da responsabilidade em vésperas de visitar o Estádio do Dragão, pelo que, no segundo tempo a vantagem no marcador aumentou com golos de Salvio e Pizzi, mas sem nunca esquecer mais um jogo fantástico de Cervi. 

O treinador benfiquista encontrou o onze titular, sempre sujeito a mexidas por causa de lesões e castigos. O único factor que não conta para a rotatividade do plantel é a necessidade de poupar jogadores para os desafios mais complicados, como são a recepção ao Dinamo Kiev e a deslocação ao terreno do FC Porto. Não se pode alterar as rotinas numa equipa que ainda só perdeu um jogo desde o início da temporada, sendo que, no campeonato segue tranquilo no primeiro posto.

Comentários

mts

Mensagens populares