O meio-campo perdido do Sporting


O meio-campo do Sporting perdeu qualidade com a saída de João Mário para o Inter por causa da forma como atacava e ajudava a defesa. A manutenção de Adrien Silva foi o melhor que aconteceu porque sem as duas pedras era difícil lutar pelo título. O jogo contra o Borussia prova que o meio-campo leonino não tem jogadores que compreendem o estilo de jogo implementado por Jesus. 

A rapidez de execução e pensamento só está ao alcance de alguns. Adrien Silva é um dos jogadores que ligar o meio-campo ao ataque com grande qualidade, já que, William está destinado às tarefas defensivas. A contratação de Elias tapa algumas deficiências, mas deixa outras a olho nu, como é a qualidade técnica. Numa equipa virada para o ataque, é fundamental que os médios sejam exímios na visão de jogo que se traduzem em passes certeiros. 

Neste momento, o capitão é a melhor unidade do Sporting, juntamente com Bas Dost e Gelson Martins. 

Comentários

Mensagens populares