La Liga. Clássico equilibrado em todos os capítulos do jogo

14ª jornada

Barcelona 1 Real Madrid 1

Golos: Luís Suárez - Sergio Ramos

Um clássico com todos os ingredientes para fazer a delícia de todos. O encontro começou com duas situações duvidosas em cada grande área que mexeram com os jogadores. Durante algum tempo o foco e a concentração esteve no derrube de Mascherano sobre Lucas Vazquez e na mão de Sergio Ramos na área madrilena, pelo que, nos primeiros 15 minutos só houve um remate à baliza por parte dos visitantes. 

Os merengues conseguiram ser melhores no resto da primeira parte, aproveitando a qualidade de Lucas Vazquez e Marcelo nas alas, mas também as iniciativas de Cristiano Ronaldo. O português dispôs de duas excelentes ocasiões que acabaram nas mãos de Ter Stegen. Nos primeiros 45 minutos, CR7 esteve por cima de Messi que só criou perigo através de bola parada. 

O Barcelona conseguiu ir para as cabines empatado a zero, apesar do Real Madrid se encontrar com mais seis pontos na classificação.

No reatamento, os merengues mantiveram a toada, mas o golo de Suarez mudou o desafio. Uma nota para o duplo erro de Varane por ter feito a falta sobre Neymar e permitido a Suárez cabecear sozinho na pequena área. 

A vantagem no marcador poderia servir para Luís Enrique deixar Iniesta sentado no banco e optar por uma postura ainda mais defensiva. O craque espanhol foi mesmo a jogo para tentar dar a vitória ao Barcelona. Iniesta mudou a história do jogo, já que, os catalães criaram mais situações de golo com Neymar e Messi. O brasileiro ficou a centímetros de sentenciar a partida.

O treinador Zidane mexeu na equipa ao lançar Casemiro e Asensio, em detrimento de Isco e Benzema. As alterações poderiam ser entendidas como um erro, mas o Real terminou o jogo em cima do adversário. O Barcelona não alterou nada em termos tácticos, colocando apenas Dennis Suárez em campo. 

A verdade é que o Real Madrid terminou a partida com três lances de perigo. Um de Cristiano Ronaldo e dois protagonizados por Sergio Ramos, sendo que, a segunda tentativa originou o golo do empate e a manutenção dos seis pontos de distância para o Barcelona na classificação. 

O empate mantém o Real na liderança e o Barça na segunda posição, embora com possibilidade do Atlético reduzir a distância para os dois grandes, sendo que, o Sevilha também se encontra na luta mesmo tendo perdido em casa do Granada. 

Comentários