Liga NOS. Rui Pedro acaba com seca de golos ao fim de 532 minutos

12ª jornada

FC Porto 1 Sp.Braga 0

Golo: Rui Pedro
MVP: Rui Pedro - Marafona

Um jogo de sentido único por parte dos dragões devido à expulsão de Artur Jorge aos 37 minutos que originou a grande penalidade desperdiçada por André Silva. 

Os dragões voltaram a vencer para o campeonato com um golo do jovem Rui Pedro aos 95 minutos, num jogo que poderia ter sido uma goleada devido às oportunidades perdidas, mas também por causa das grandes defesas de Marafona. O guardião voltou a estar em enorme plano contra o FC Porto após a exibição fantástica na final da Taça de Portugal deste ano. 

O resultado só ficou estabelecido em cima do apito final porque André Silva falhou várias ocasiões, além de ter havido um golo anulado a Diogo Jota e a Herrera, bem como uma bola no poste por parte de Danilo Pereira. Brahimi e Corona eram os médios que tentavam servir os atacantes. Nesta altura, os bracarenses foram autênticos guerreiros, embora a equipa estivesse muito retraída, em particular aos 63 minutos quando Peseiro tirou Djavan para o lugar de Wilson Eduardo.

Antes da dupla penalização contra os minhotos, o jogo esteve repartido com Ricardo Horta em destaque, sendo que, a aposta em dois pontas-de-lança por Peseiro indicava uma postura positiva para aproveitar o mau momento dos dragões. Mesmo assim, os anfitriões tiveram três ocasiões antes da expulsão do defesa bracarense.

O golo de Rui Pedro acaba com uma seca que durou 532 minutos, permitindo a ultrapassagem do FC Porto sobre o Sp.Braga e a aproximação ao líder em vésperas do derby lisboeta. O jovem que atirou uma bola ao poste na primeira jornada da Taça da Liga perto do fim também deve ter impedido a Depoitre continuar ao serviço do clube.

Comentários

Mensagens populares