Other Languages

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Taça de Portugal. Sanjoanense foi melhor, mas não evitou a derrota no prolongamento

Oitavos-de-final

Estoril 4 Sanjoanense 2
após prolongamento

Golos: Bruno Gomes 2, Bazelyuk 2 - André Pereira, Ruben Neves

Os visitantes foram sempre melhores que o adversário, apesar das diferenças de escalões. O jogo prova que o Estoril vive um momento complicado por causa da qualidade do plantel.

O primeiro golo da Sanjoanense aconteceu aos 8 minutos provocando uma enorme alegrias nas bancadas despidas do António Coimbra da Mota por causa da chuva. 

O empate surgiu naturalmente por Bruno Gomes, mas Ruben Neves voltou a dar a vantagem aos 68 minutos. A falta de tempo obrigou o treinador estorilista interino a lançar Bazelyuk, que na primeira oportunidade fez nova igualdade. 

O jogo teve de ser resolvido no prolongamento, sendo que, neste período houve maior ascendente dos anfitriões, pelo que, os golos de Bazelyuk e de Bruno Gomes terminaram com as aspirações da equipa de São João da Madeira.

A qualificação do Estoril não disfarça os problemas que o novo treinador vai ter de resolver e alimenta a esperança dos clubes do Campeonato Portugal trabalharem mais para alcançarem outros patamares.

Sem comentários:

Enviar um comentário