Taça de Portugal. Sp.Covilhã abre possibilidade de haver novo vencedor no Jamor

Oitavos-de-final

Sp.Braga 1 Sp.Covilhã 2

Golos: Wilson Eduardo - Davidsson, Diarra

A derrota dos guerreiros mostra que nem tudo está bem no reino da Pedreira. Os bracarenses começaram a vencer com um golo de Wilson Eduardo nos dez minutos iniciais, mas a vontade de jogar a partida terminou nessa altura.

A partir desse momento houve relaxe, desleixe ou simplesmente ordens para permitir o adversário rematar porque Marafona iria defender todas as situações. 

Isso não aconteceu e o Sp.Covilhã ainda empatou na primeira parte, provocando reacção dos minhotos. O treinador José Peseiro fez alterações para mudar o chip. O problema é que os visitantes já estavam em cima para se adiantarem no marcador, o que aconteceu a meio da partida. Nos minutos finais não houve arte e engenho para chegar ao empate porque o mal estava feito desde o início do jogo.

O Sp.Braga perde a possibilidade de renovar o título e chegar à terceira final consecutiva. A eliminação seria tolerada caso houvesse mais qualidade nas competições europeias.

Comentários

Mensagens populares