Other Languages

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Copa del Rey. Afastamento da competição é um sinal para o Real Madrid

Quartos-de-final
2ª Mão

Celta de Vigo 2 Real Madrid 2

Golos. Danilo a.g, Wass - Cristiano Ronaldo, Lucas Vázquez

Um bom jogo entre as duas equipas determinou a eliminação do Real Madrid da Taça do Rei, confirmando a má forma no mês de Janeiro.

No primeiro tempo, os merengues sofreram o golo fatal, mas foram a primeira equipa que criou perigo numa jogada em que Ronaldo rematou ao poste após uma bola dividida com o defesa adversário ter ido parar à barra. A arma dos galegos para contrariar o favoritismo dos blancos era recorrer à falta. 

A falta de imaginação do Real Madrid é gritante, mesmo contando com a classe de Isco. O problema é que insistir nas jogadas pelos extremos na ausência de Bale não é a melhor solução, sendo que, Ronaldo continua longe da criatividade. 

O Celta lançou-se no ataque nos minutos finais da primeira parte, com destaque para as tentativas de Guidetti. Na segunda deu o 1-0 que colocava o Real Madrid em maus lençóis.

A determinação merengue e as bombas de Cristiano Ronaldo ainda fizeram sonhar os adeptos porque os anfitriões voltaram a recorrer às faltas para colocar gelo no jogo. A estratégia correu mal devido ao míssil do português, mas também porque Sergio Ramos esteve perto de fazer nova gracinha. O intervalo entre o minuto 60 e 70 foi o melhor do Real em toda a partida.

Os minutos passavam sem o 1-2 que daria prolongamento, pelo que, o Celta decidiu sair da toca, embora sem Guidetti em campo. A vantagem na partida por Wass acabou com as esperanças merengues, mas Lucas Vazquez ainda fez o 2-2 que deu alguma honra ao campeão europeu na competição. 

A nítida falta de forma do Real Madrid já deu para sair da Taça do Rei, restando saber se a liderança no campeonato também é temporária.

Sem comentários:

Enviar um comentário