Liga NOS. Azuis vencem pela segunda vez no Bessa

19ª jornada

Boavista 0 Belenenses 1

Golo: João Diogo
MPV: Fábio Espinho - João Diogo

Um bom jogo entre antigos campeões nacionais com muitos lances perigosos junto de cada baliza. A primeira parte não foi bem jogada por culpa da boa qualidade defensiva do Belenenses entregue a Hassan Yebda. O argelino possuí força física e qualidade técnica, algo raro naquela posição. Os azuis do Restelo supriram a saída de João Palhinha.

O Boavista assumiu mais vezes o jogo no primeiro tempo, tentando aproveitar o bom momento de forma. Existe qualidade em Schembri, Fábio Espinho, e, sobretudo em Iuri Medeiros, mas desta vez ninguém conseguiu ultrapassar a boa defesa adversária. 

O Belenenses começou melhor a segunda parte com vários lances protagonizados por Abel Camará. A presença do número 30 confere músculo, velocidade e combinações com os restantes companheiros do sector. A jogada do golo é uma prova da importância de Camará num plantel que continua com dificuldade em marcar. 

Os anfitriões não mudaram de estratégia porque faltam soluções no banco, embora a entrada de Makhmudov tenha trazido mais precaução ao Belenenses. 

O triunfo dos azuis do Restelo garante mais três pontos preciosos e a certeza que a descida será evitada. O Boavista tentou alcançar o sexto jogo sem perder, mas a derrota justifica-se.

Comentários

mts

Mensagens populares