Other Languages

domingo, 22 de janeiro de 2017

Liga NOS. Benfica voltou rapidamente à nota artística

18ª jornada
s
Benfica 4 Tondela 0

Golos: Pizzi 2, Rafa, Jonas
MVP. Pizzi - Bruno Monteiro

O confronto entre o primeiro e o último classificado gera sempre goleada por parte de Golias ou uma surpresa de David. 

A recepção do Benfica ao Tondela podia ter sido a segunda hipótese por causa dos maus 45 minutos dos encarnados, mas a primeira acabou por vingar no final do jogo devido à genialidade do trio de médios-avançados que Rui Vitória tem possibilidade de colocar em campo. 

O técnico benfiquista decidiu premiar as boas exibições de Zivkovic na Taça da Liga e na Taça de Portugal com a titularidade. A dupla atacante composta por Jonas e Mitroglou também se manteve porque é a garantia de pelo menos um golo por jogo. Apesar de tudo a chave do jogo estava no banco.

As entradas de Salvio e Rafa no segundo tempo proporcionaram maior criatividade e liberdade a Pizzi. O português marcou mais dois golos, tendo sido o homem do jogo do lado encarnado, repetindo outras nomeações que o podem levar ao título de melhor jogador do campeonato. 

O 2-0 colocava um ponto final nas aspirações do Tondela, mas ainda houve tempo para o público festejar o primeiro golo de Rafa com a camisola do Benfica. Há muito que a Luz exigia um golo ao ex-bracarense.

Numa tarde de grandes emoções, sobretudo na segunda parte, faltava o golo de Jonas de grande penalidade. 

Os três pontos ficaram na Luz, ficando definitivamente afastada a hipótese de crise por causa do empate contra o Boavista. Uma vitória na Taça da Liga ainda vai aguçar o apetite por triunfos no resto do campeonato, mesmo em vésperas do regresso da Champions. 

Sem comentários:

Enviar um comentário