Liga NOS. Sem um goleador não é possível lutar pelo terceiro lugar

19ª jornada

Vit.Guimarães 0 Marítimo 0

MVP: Pedro Henrique - Erdem Senç

As saídas de Marega e Tiquinho Soares fragilizam os vimaranenses que precisam de golos para atacar os lugares europeus. Talvez Rafael Martins seja uma boa solução, mas o remate desastroso aos 94 minutos mostra que o ex-jogador do Moreirense tem bastante menos qualidade.

O treinador Pedro Martins continua com a mesma estratégia, embora com outros intérpretes devido às transferências de João Pedro e do avançado brasileiro para o FC Porto. 

O Marítimo pretendia conquistar um ponto que permite manter-se na luta pelo quinto lugar. 

No primeiro tempo, os vimaranenses foram mais ofensivos com Hernâni em grande destaque. O jogador fez o que quis de Deyvison, mas falta um goleador para concluir o esforço proveniente das alas. Outro aspecto que causou mossa à defesa adversária é a forma como a equipa se estende por todo o terreno, permitindo que o portador da bola jogue a um toque, já que, tem sempre um colega em posição de ataque e sem marcação. 

Apesar das constantes ameaças de Hernâni e Raphinha, o maior protagonista dos vimaranenses na primeira metade foi Pedro Henrique com uma bola na barra e um remate por cima da baliza.

Na segunda parte, não houve o mesmo discernimento para incomodar os madeirenses, mas Bernard aos 86 minutos teve nos pés a grande oportunidade do encontro num remate que embateu no ferro. 

Os madeirenses sentiram-se confortáveis com uma postura defensiva inteligente em que Erdem Sen servia como parede. A grande oportunidade de golo surgiu só no minuto 89 com um remate de Deyvison no poste e na recarga Pedro Henrique impede Xavier de inaugurar o marcador. 

A equipa de Daniel Ramos percebeu as fragilidades do adversário sem um ponta-de-lança com qualidade, já que, os dois extremos conseguem aguentar 90 minutos jogando sem oposição. 

Comentários

Mensagens populares