Other Languages

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Taça da Liga. Boateng e Makaridze garantem primeira presença na final da competição

Meia-Final

Moreirense 3 Benfica 1

Golos: Boateng 2, Dramé - Salvio

Uma presença histórica do Moreirense na final da competição. Os cónegos vão disputar pela primeira vez o jogo decisivo de uma prova oficial. 

O golo de Salvio na primeira parte parecia ter selado o desafio, cabendo ao Benfica gerir no segundo tempo. O problema é que os cónegos entraram com vontade de dar a volta ao resultado. Augusto Inácio lançou Dramé que fez o 1-1.

O tento do empate desconcentrou os encarnados, sobretudo a defesa. O Moreirense aproveitou o desnorte para se adiantar no marcador numa boa conclusão de Boateng. O 3-1 não demorou muito numa das muitas jogadas em que o adiantamento da defesa encarnada foi engolida pelo génio de Podence e a velocidade de Boateng. 

A reacção do Benfica tinha de ser imediata porque faltavam 20 minutos. O treinador benfiquista lançou Raúl Jiménez e Zivkovic, mas apenas o sérvio esteve presente. O mexicano ficou perdido no meio de tantos jogadores que estacionaram na área minhota nos últimos dez minutos. Nessa altura, o guardião Makaridze e os ferros da baliza impediram o 3-2 e mesmo o empate.

O Moreirense segue em frente na competição porque matou o jogo numa altura em que os jogadores encarnados pensavam na conquista da décima taça na competição. 

Sem comentários:

Enviar um comentário