Other Languages

sábado, 25 de fevereiro de 2017

La Liga. Dois golos de bolas paradas obrigam rivais a vencerem

24ª jornada

Bétis 1 Sevilha 2

Golos: Durmisi - Mercado, Iborra

O Sevilha apresentou duas caras na visita ao Benito Villamarin para defrontar o rival.

Na primeira parte, Jorge Sampaoli ficou na expectativa para saber até onde conseguiria chegar o Bétis, percebendo que as bolas paradas seriam a maior fragilidade. Os anfitriões pressionaram bastante, não impedindo o adversário de sair para o ataque. Jovetic e Nasri ficaram muito longe das exibições realizadas frente ao Leicester.

O segundo tempo trouxe uma atitude diferente também por causa do golo sofrido. O técnico do Sevilha meteu Ben Yedder e Iborra no campo para iniciar a reviravolta.

O plano resultou, embora a exibição continuasse frouxa porque o Bétis colocou o autocarro à frente da baliza. O Sevilha conseguiu dar a volta através de dois livres que não foram defendidos à primeira pelo guardião adversário.

O risco de Sampaoli surtiu efeito por culpa da falta de qualidade dos jogadores do Bétis, que deveriam ter sido mais ousados no segundo tempo para aproveitar alguma desconcentração e cansaço acumulados depois do jogo contra o Leicester.

A vitória coloca o Sevilha com os mesmos pontos do Real Madrid, numa jornada em que os merengues jogam frente ao submarino amarelo e sabendo que vão ganhar pontos no clássico entre Atleti e Barcelona.

Sem comentários:

Enviar um comentário