Other Languages

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Liga Europa. Belgas eliminam Zenit com apenas dois remates à baliza

16 avos-de-final
2ª Mão

Zenit 3 Anderlecht 1

Golos: Giuliano 2, Dzyuba -Kiese Thelin

Os belgas beneficiaram da velha máxima "quem não marca sofre". O domínio dos russos durante 90 minutos não serviu de nada, já que, Kiese Thelin fez o 3-1 perto dos 90 minutos no segundo lance de perigo do Anderlecht em todo o encontro.

O Zenit jogou muito melhor do que na Bélgica, tendo mais argumentos para contrariar a desvantagem de dois golos. Os belgas também assumiram que só estavam interessados em segurar o resultado, mesmo após os anfitriões fazerem o 2-0. A grande figura do primeiro jogo, Achaempong, praticamente não tocou na bola.

A titularidade de Danny deu mais qualidade aos russos, embora os principais protagonistas tenham sido Dzuyba e Giuliano. O número 7 tem sido um bom substituto de Hulk. 

A frieza e o cinismo são duas características pouco aceitáveis num desporto que tem como objectivo jogar bem para chegar ao golo. O Anderlecht foi melhor na primeira mão, mas o segundo jogo mostra que são um alvo fácil na próxima ronda.

Sem comentários:

Enviar um comentário