Liga NOS. Mais uma obra de arte de Fábio Martins

22ª jornada

Desp.Chaves 2 Arouca 0

Golos: Bressan, Fábio Martins
MVP: Fábio Martins - Tomané

O golo de Fábio Martins ao cair do pano foi o melhor momento de um jogo totalmente dominado pelos flavienses no plano técnico e táctico.

As saídas de Battaglia e Assis para o Sp.Braga não prejudicou a equipa flaviense, nem melhorou os bracarenses. A verdade é que Bressan já começa a dar pontos.

O Desp.Chaves mantém a mesma filosofia desde o início da temporada, esperando pelo adversário sem fazer e lançando contra-ataques letais. Por vezes, a bola demora a chegar aos verdadeiros artistas da equipa, mas no último terço são os transmontanos quem ditam as leis. O que seria se a estratégia passasse pelo controlo do desafio. Impressiona a forma como a defesa consegue parar os ataques dos adversários e rapidamente inicia os ataques. 

O Arouca estreou Manuel Machado no comando, mas as ideias de Lito Vidigal ainda estavam lá. A defesa continua a meter buracos e o ataque só funciona com remates sem perigo. Neste capítulo Tomané esteve mais perto de marcar.

Os três pontos mantêm o Chaves na luta por um lugar europeu, sendo que, o campeonato é a segunda via para tentar alcançar o objectivo se falhar a presença na final e o adversário não for o Benfica. 

Comentários