Liga NOS. Soares só teve de aproveitar o excelente trabalho do meio-campo portista

21ª jornada

Vit.Guimarães 0 FC Porto 2

Golos: Soares, Diogo Jota
MVP: Soares - Hurtado

O meio-campo agressivo composto por Herrera, André André e Danilo garantiu três pontos preciosos ao FC Porto na deslocação ao castelo. 

Apesar da grande eficácia de Tiquinho Soares e da oportunidade de Diogo Jota, os dragões estancaram a reacção vimaranense com três médios possantes capazes de fazer face ao músculo do adversário. Os vimaranenses não são a mesma equipa que empatou em casa contra o Sporting, mas podem sempre causar perigo, sobretudo tendo jogadores como Raphinha, Bernard e Hurtado. O problema é que os três craques não são capazes de finalizar com qualidade, além de não terem culpa por nenhum dos pontas-de-lança, Rafael Lopes e David Texeira, conseguirem introduzir a bola na baliza desde a vitória na Pedreira. 

Os dragões aproveitaram as poucas situações em que a defesa dos anfitriões quebrou o plano traçado. Nota-se que Soares é o avançado certo para enganar as defesas mais fechadas. 

A equipa de Nuno Espírito Santo está cada vez mais compacta no plano defensivo e letal no ataque. O que faltou em alguns jogos da primeira volta era a capacidade de matar o resultado. O técnico portista descobriu como se ganha, mesmo tendo de recorrer a uma estratégia menos elegante. 

Comentários

Mensagens populares