Champions League. Shakespeare escreve mais uma página no conto de fadas europeu

Oitavos-de-final
2ª Mão

Leicester 2 Sevilha 0

Golos: Wes Morgan, Albrighton

O conto de fadas do Leicester continua, embora num cenário diferente e mais ambicioso. A vitória dos ingleses assenta que nem uma luva à melhor equipa da eliminatória, apesar da boa primeira parte dos andaluzes no Sanchez Pizjuan.

As mudanças técnicas no campeão inglês tiveram efeitos psicológicos imediatos. A equipa está mais solta, tem vontade de atacar, mesmo não optando pelas melhores soluções, além de continuar a dar tudo em campo. Alguns jogadores também subiram de forma, como é o caso de Albrighton e de Vardy. 

O Sevilha tentou matar o jogo, mas esbarrou numa postura positiva do adversário, sempre que se encontrava sem bola. Neste aspecto, Drinkwater e Ndidi fizeram o trabalho sujo, lembrando a temporada passada, onde N´Golo Kanté fazia uma dupla temível com o número 4. 

A grande penalidade defendida por Schmeichel e a expulsão de Nasri num momento crucial da partida, são sinais que os ventos correm a favor do Leicester. O azar parece ter ficado definitivamente para trás.

Man of the Match; Drinkwater

Comentários

mts

Mensagens populares