Other Languages

sábado, 4 de março de 2017

Liga NOS. Boas exibições recompensadas finalmente com a primeira vitória da segunda volta

24ª jornada

Sp.Braga 3 Arouca 1

Golos: Rui Fonte 2, Battaglia - Mateus
MVP: Rui Fonte - Mateus

As últimas exibições dos guerreiros tinham sido positivas, embora os resultados fossem negativos, como aconteceu frente a Benfica e V.Setúbal. 

A recepção ao Arouca era uma oportunidade para regressar às vitórias, o que não acontecia há seis desafios.

O treinador Jorge Simão abdicou do 4x4x2 com Assis e Battaglia no miolo, para jogar em 4x3x3 com a presença de Vukcevic no apoio aos jogadores que vieram do Desp.Chaves. No ataque, Catabria e Pedro Santos faziam companhia a Rui Fonte. 

A estratégia resultou, já que, os bracarenses começaram fortes com pressão sobre o adversário, criando jogadas de perigo através de Battaglia, Pedro Santos e Vukcevic. 

O primeiro golo surgiu aos 11 minutos por Rui Fonte numa assistência de Pedro Santos. O problema é que o Arouca empatou logo a seguir numa dupla desconcentração da defesa minhota bem aproveitada por Mateus.

Apesar da igualdade, não houve receio nos anfitriões, que voltaram a causar perigo aos 34 minutos novamente por Rui Fonte, só que o Arouca também respondeu por Crivellaro. 

No intervalo o empate justificava-se tendo em conta as oportunidades para as duas equipas. 

O que não estava nas contas de Jorge Simão foi a reacção do Arouca após o descanso, que coloca a nu as fragilidades defensivas do Sp.Braga. O problema não são os jogadores, mas a forma de defender. Nesta altura, a equipa minhota raramente saía para o ataque com velocidade porque os três médios estavam juntos aos centrais.

O sofrimento dos adeptos durou até às alterações produzidas por Simão. O treinador lançou Hassan em detrimento de Artur Jorge, passando Assis para o centro da defesa e Ricardo Horta substituiu Catarbia. Os dois deram um novo alento à atitude ofensiva.

Numa acção desenvolvida por Djavan no corredor esquerdo, Hassan só tem de dar um pequeno toque para Rui Fonte fazer o 2-0 na cara do guarda-redes e num pontapé à entrada da área, Battagia culmina a melhor exibição com a camisola bracarense com um golo. 

A vitória é um prémio justo para uma equipa que lutou mais, apesar de algumas intermitências. Os guerreiros conquistaram a primeira vitória da segunda volta no campeonato após seis jogos sem triunfar. O Arouca obteve a quarta derrota consecutiva.

Sem comentários:

Enviar um comentário