Other Languages

domingo, 19 de março de 2017

Premier League. Equipas mostraram verdadeiro valor apenas na segunda parte

29ª jornada

Manchester City 1 Liverpool 1

Golos: Sergio Aguero - James Milner

Um bom jogo entre equipas que perseguem o segundo lugar, mas ainda discutem o terceiro posto.

A primeira parte não teve grandes oportunidades porque houve bastante cautela, já que, qualquer ponto perdido pode ser fatal nas aspirações finais. 

A táctica apresentada pelos treinadores parecia dar lugar a espaço para a construção de jogadas, mas as marcações estiveram impecáveis. 

O espectáculo ficou guardado para o segundo tempo. O City libertou-se das amarras provocadas pelo meio-campo do Liverpool, particularmente por Emre Can e Wijnaldum. Nos primeiros minutos, Sane inventou alguns passes de morte para Aguero e Sterling. 

Apesar da maior pressão dos anfitriões, os citizens cometeram um erro que originou a grande penalidade convertida por James Milner. A falta de Clichy estragou o ímpeto no reatamento.

O golo do empate surgiu na segunda fase do domínio do City. Kevin De Bruyne fez uma excelente assistência para Aguero fazer o 1-1.

Nos últimos vinte minutos assistiu-se a um jogo de futebol aberto e sem preocupações tácticas. De todas as oportunidades perdidas destaque para uma bola ao poste na baliza de Mignolet e um remate na atmosfera de Lallana na cara de William Caballero. A intensidade que marcou a parte final merecia mais golos, sendo que, o City poderia conquistar a vitória porque tem melhor qualidade individual.

A divisão de pontos favorece os principais rivais das duas formações. O Chelsea elimina mais dois concorrentes na luta pelo título. O Tottenham ganha dois pontos a ambos e o Manchester United também fica contente.

Sem comentários:

Enviar um comentário