Liga NOS. Benfica cumpre serviços mínimos para continuar na liderança

30ª jornada

Sporting 1 Benfica 1

Golos: Adrien Silva - Lindelof
MVP: Gelson Martins - Grimaldo

Os lances de bola parada decidiram o resultado do derby e também do resto do campeonato na luta pelo título.

A desconcentração de Ederson que deu origem ao penalti convertido por Adrien Silva poderia ter tido efeitos negativos na equipa do Benfica no resto do desafio. Os encarnados reagiram bem, embora sem grande pressão atacante, preferindo acalmar o jogo ofensivo do Sporting. A verdade é que na primeira parte as ocasiões de golo escassearam porque nenhuma das equipas arriscou. Os leões estavam contentes com a vantagem mínima e o Benfica não queria sofrer mais um golo que o afastasse do resultado.

O segundo tempo foi mais animado, mas o mau futebol manteve-se no tapete de Alvalade. O Sporting tem duas situações por Bas Dost no início. O holandês esteve desaparecido em combate, menos naquelas ocasiões. O ataque leonino era comandado pelos extremos, Bruno César e Gelson. Neste capítulo, destaque para os duelos que os jogadores leoninos mantiveram com Nelson Semedo e Grimaldo. O lateral-direito português ganhou vantagem sobre o brasileiro, mas Gelson foi mais eficaz que o antigo jogador do Barcelona. 

O Benfica raramente explorou as debilidades dos laterais sportinguistas. Schellotto e Jefferson raramente tiveram de se encontrar com Salvio e Cervi. A opção de continuar a jogar pela zona central matou várias iniciativas dos encarnados porque Pizzi esteve sempre bem marcado. Rafa voltou a protagonizar uma exibição muito frouxa, não inventando soluções de ataque para Mitroglou. 

O tento do empate surge num livre muito bem marcado por Lindelof. A igualdade mexeu pouco com o jogo em termos de oportunidades, mas os treinadores mudaram imediatamente a estrutura. Jesus lançou Podence para tentar surpreender e Rui Vitória chamou Filipe Augusto. 

As substituições resultaram mais para o Benfica do que ao Sporting, já que, as principais unidades não tiveram espaço para jogar, inclusive o jovem jogador leonino.

O Benfica assegurou a manutenção no primeiro lugar, independentemente do resultado do FC Porto. Nos próximos quatros jogos, os encarnados podem jogar o que sabem, sem qualquer pressão. Os leões terminam a temporada sem se superiorizarem ao Benfica em termos de resultados e exibições.

Comentários

Mensagens populares