Premier League. Divisão de pontos justifica-se pela grande primeira parte

30ª jornada

Arsenal 2 Manchester City 2

Golos: Walcott, Mustafi - Leroy Sane, Sergio Aguero

Um jogo tipicamente da liga inglesa com duas equipas à procura da vitória, apesar do título ser uma miragem. 

Nos primeiros cinco minutos houve duas situações para cada lado e o golo de Sané que aproveitou o adiantamento da defesa do adversário. 

A vantagem no marcador deu força aos citizens que tiveram mais duas ocasiões. A primeira num remate de De Bruyne ao poste e logo de seguida, David Silva proporciona uma boa defesa ao guardião do Arsenal. O belga enviou uma segunda bola ao ferro aos 41 minutos.

Os primeiros 20 minutos pertenceram ao City. O Arsenal levou um soco no estômago e não conseguiu reagir, apesar da vontade de alguns jogadores, mas falta reacção colectiva às desvantagens. O Arsenal é uma equipa que se deixa desmoralizar rapidamente. 

A situação mais perigosa surgiu aos 30 minutos por Alexis Sanchez. O chileno volta a ser a figura de proa neste tipo de jogos. 

O empate aconteceu numa altura em que o City tentava consolidar a vantagem até ao intervalo. Walcott foi o mais rápido a rematar na bola depois de uma série de ressaltos na grande área dos visitantes. 

Os festejos duraram pouco, já que, Aguero fez o 1-2 aos 42 minutos na jogada seguinte ao segundo remate de Kevin De Bruyne ao poste. As fragilidades defensivas dos anfitriões ficaram novamente a nu. 

No regresso dos balneários, o Arsenal equilibrou a partida, tendo chegado ao 2-2 numa cabeçada de Mustafi. 

A partir desta altura, o futebol das equipas baixou de qualidade com pouco espaço para os principais intervenientes decidirem. A entrada de Yaya Toure não deu mais liberdade aos outros jogadores do meio-campo para atacarem, pelo que, os magos do City desapareceram na segunda metade. No Arsenal, Alexis Sanchez continuava a imprimir velocidade e Ozil manteve a qualidade no passe. 

O jogo valeu pela primeira metade onde as duas equipas dividiram os erros defensivos pela qualidade ofensiva. O empate é um mau resultado para as duas equipas, sobretudo para o City que perdeu o terceiro lugar para o Liverpool. 

Comentários