Other Languages

sábado, 6 de maio de 2017

Liga NOS. Dragões perdem controlo do jogo após saída de Otávio

32ª jornada

Marítimo 1 FC Porto 1

Golos: Djoussé - Otávio
MVP: Djoussé - Otávio

As opções de Nuno Espírito Santo raramente têm sucesso durante 90 minutos por causa das constantes mudanças tácticas e de jogadores. A inclusão de Otávio no onze titular deu resultado, já que, o brasileiro marcou o golo, além de ter sido o principal responsável pelos movimentos atacantes. 

A primeira parte e a maioria da segunda pertenceram aos dragões que colocaram o Marítimo remetidos à defesa sem causar perigo, através de ataque continuado ou dos contra-ataques. O golo trouxe maior tranquilidade aos visitantes, podendo aumentar a vantagem pelo estreante Fernando Fonseca. 

A troca de Otávio por Corona acaba por determinar o fim do perigo constante do FC Porto, embora Brahimi tivesse sido solicitado pelos colegas na parte final, em que o treinador arriscou uma linha atacante com Soares, André Silva e Rui Pedro. A dinâmica portista terminou após a saída do brasileiro, sendo que, o argelino raramente conseguiu cumprir a tarefa de criar situações. 

A produção ofensiva dos madeirenses também se fica pelo golo de Djoussé. A defesa azul e branca continua a ser praticamente impenetrável, mas existem sempre brechas aproveitadas pelo adversário. O Marítimo confirma que é uma das melhores equipas do campeonato nas bolas paradas.

O empate na Madeira é fatal na luta pelo título. O Benfica pode ficar com mais cinco pontos se vencer o Rio Ave e festejar o 36º título em caso de triunfo perante o V.Guimarães na próxima jornada.

Sem comentários:

Enviar um comentário