Premier League. Rivais do Chelsea perderam pontos em todas as jornadas



Os blues regressaram aos títulos, um ano após a saída de Mourinho. Nos últimos três anos, o Chelsea conquistou dois campeonatos, reforçando o estatuto na Premier League. 

A conquista do primeiro lugar também surgiu cedo, sendo que, a partir desse momento, nunca mais largaram a posição, nem sequer deram sinais de instabilidade. 

Curiosamente, à medida que o Chelsea ganhava jogos, os restantes concorrentes perdiam pontos, tendo conquistado vantagem em todas as jornadas. No final da temporada, o Tottenham ainda esteve a 4 pontos, mas rapidamente sentiram a pressão de tentar contrariar o favoritismo de uma equipa que começou a tornar-se sólida depois de ter ganho 4-0 em Stamford Bridge frente ao Manchester United com um novo sistema de três defesas centrais. 

O campeonato continuou emocionante, mas a partir do segundo lugar. A luta pela presença directa e indirecta na Champions contou com os dois clubes de Manchester, Arsenal e Liverpool. A força dos reds caiu nos últimos jogos, tendo sido aproveitado pelo City de Pep Guardiola. O treinador espanhol ficou abaixo das expectativas na temporada de estreia. O mesmo aconteceu com Mourinho, mas o treinador português conquistou a Supertaça, Taça da Liga e ainda a Liga Europa.

Durante a temporada ainda se pensou que o Leicester podia lutar pelos lugares europeus. O problema é que o campeão chegou ao final da primeira volta mais perto da despromoção. A saída de Ranieri só surgiu depois da primeira mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões contra o Sevilha. A entrada de Craig Shakespeare deu um novo ânimo aos jogadores. Vardy começou a marcar golos.

A próxima temporada conta com os mesmos candidatos ao título, sendo que, o Leicester também pode voltar a lutar por lugares mais ambiciosos. O regresso do Newcastle  à Premier League é uma boa notícia. 

Comentários

Mensagens populares