Taça de Portugal. Benfica conquista 26ª e mais uma dobradinha

FINAL

Benfica 2 Vit.Guimarães 1

Golos: Raúl Jiménez, Salvio - Zungu

Os encarnados mostraram novamente superioridade face ao opositor, mesmo que a primeira parte dos vimaranenses tenha sido a melhor da temporada nos confrontos contra o Benfica.

O campeão nacional não carregou no acelerador, optando por deixar correr o jogo, ao contrário do que sucedeu no último desafio entre as duas equipas. Os vimaranenses aproveitaram a oportunidade e criaram duas situações perigosas pelo trio de ataque, em particular pelo lado esquerdo do adversário. Grimaldo revelou enorme apatia. 

A atitude do Benfica na segunda parte foi completamente diferente do primeiro tempo, mas semelhante no jogo que deu o 36º título, pelo que, o Vit.Guimarães acabou por ceder face à qualidade dos jogadores encarnados. A qualidade da formação vimaranense resume-se apenas a Hurtado, Marega e Hernâni. A lesão de Hurtado enfraqueceu o ataque dos nortenhos. 

O Benfica acelerou e marcou dois golos que deram o descanso, apesar do Vit.Guimarães ter marcado na única oportunidade de golo do segundo tempo numa desconcentração na bola parada. O 2-1 não fez tremer a equipa encarnada, por mérito do treinador que ensinou a equipa a ter posse de bola quando se encontra em vantagem. 

Um triunfo justo que garante a 26ª Taça de Portugal, a 11ª dobradinha no quarto título de Rui Vitória. O Vit.Guimarães pode agradecer aos milagres de Pedro Martins.

Comentários

Mensagens populares