Antevisão do início do campeonato


O tetra campeonato conquistado pelo Benfica na última temporada obriga os principais a um esforço redobrado para impedirem o penta dos encarnados e voltarem a serem campeões. O FC Porto não celebra qualquer título desde a Supertaça ganha por Paulo Fonseca em 2013. Por seu lado, o Sporting não é campeão desde 2002, apesar do forte investimento na contratação de Jorge Jesus e de jogadores nas últimas duas épocas. O treinador da Associação Desportiva e Cultural da Encarnação e Olivais, Francisco Silva, considera que "o Benfica parte à frente porque manteve a estrutura". O técnico explica que a entrada de Sérgio Conceição nos dragões é um passo positivo, uma vez que, "os melhores jogadores continuam no Dragão e regressaram alguns que conhecem o clube". 

O título deverá ser novamente atribuído a um dos grandes, embora seja notório o crescimento de alguns clubes como o Sporting de Braga, Marítimo e Vit.Guimarães. Os três clubes históricos continuam com ambição de ultrapassarem a barreira do quarto lugar numa temporada em que jogam as competições europeias. Os vimaranenses estão garantidos na fase de grupos da Liga Europa, enquanto os guerreiros e os madeirenses ainda precisam de passar o play-off para se manterem nas competições europeias. No entanto, o técnico Francisco Silva entende que "a grande surpresa do campeonato vai ser o Desp.Chaves por causa da qualidade do treinador Luís Castro". 

Durante todas as temporadas discute-se a qualidade do futebol praticado em Portugal, bem como o equilíbrio na principal competição. Francisco Silva considera que "o poder financeiro dos maiores clubes europeus não permite que os melhores jogadores fiquem em Portugal".

Comentários

Mensagens populares